segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Só porque não aguentava mais!

É sim, eu fiz isso! Exatamente como está pensando que eu fiz! Bebi todas aquelas garrafas que você comprou só para decorar a maldita estante, quebrei primeiro os pratos, depois os copos e só então  arremessei os talheres por todos os lados, e não me olhe assim! Eu não queria queimar os livros! Só queria fazer uma fogueira pra queimar o apartamento, mas percebi que não conseguiria sair a tempo para me salvar, eu não estava bêbada o suficiente para me matar (imagine, livrar-te de mim, haha) . Então joguei um balde de água naquilo tudo. Foi aí que o álcool começou a fazer efeito, e dancei com suas roupas, como em nosso casamento, joguei os perfumes no sofá e no tapete porque a casa fedia a queimado, me encarei no espelho e me achei feia, e comecei a cortar o cabelo, fiz franja e chanel, percebeu? Não,claro que não! Não lembro bem de como destruí o banheiro, só lembro que quebrei os espelhos porque fiquei Ri-dí-cu-la com essa franja ! Me deparei com o estado deprimente do nosso "lar" e comecei a chorar, a chorar  muito alto, não seu idiota, não pelo estado físico, pela nossa vida Osvaldo! pela nossa maldita, chata, e sem graça vida! Ei chorei, e foi nessa parte que eu quebrei o vidro das janelas, acho que foi aí que chamaram a polícia, não lembro bem desse intervalo, mas lembro que quando os policiais chegaram eu estava nua, sim Osvaldo, eu estava nua, pedi licença e me vesti, e sabe o que eu respondi quando perguntaram o que estava acontecendo, eu disse "Estou apenas externando meus sentimentos conjugais policial". E só depois de tudo isso você chegou , com essa sua cara digna de pena, sim você que é digno de pena, e ainda me pergunta "Que está havendo aqui?!" , eu digo o que está havendo aqui: Quero o divorcio, e pode ficar com a casa.

Um comentário:

fdots disse...

po, deve ser cruel sofrer por um cara chamado Oswaldo. ô nomezinho de cara bandido a la Nelson Rodrigues!