sábado, 24 de dezembro de 2011

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Motivos para viver ao apocalipse zombie ou ao fim do mundo maia em 2012 (parte 1)



Meu amigo Marcus - Nossa cara
  vc viu aquele trailer?
 eu: siiiim
  
 Meu amigo Marcus: que coisa emocionante
 eu: siiiiim *.*
 Meu amigo Marcus e eu ao mesmo tempo: aquela música!
                    eu: já tô vendo que vou chorar quando eles cantarem
 
 
Meu amigo Marcus: aquele clima de amizade, de reencontro....
Preciso sobreviver para ver esse filme!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

O inverno já chegou


Eu realmente fico envolvida com todo esse clima natalino. Quando as lojas começam a encher suas vitrines com pisca-piscas, neve falsa e todas essas coisas cafonas eu vou ficando mais feliz e até mais legal com as outras pessoas. Dai chegam os super descontos nas lojas, o panetone, a decoração da casa, os especias de natal na televisão, aqueles 500 filmes com o mesmo roteiro e seus personagens favoritos de séries ou desenhos animados comemorando o natal também! E depois de 24 dias esperando você pode comer todas aquelas comidas deliciosas - que a sua família só tem saco de preparar nessa festa - ganha presente e se estiver trabalhando ainda tem o décimo terceiro! 

Esse natal eu vou passar longe de casa, dos amigos e da minha família. Mas vou poder usar aquelas roupas cafonas de filme da sessão da tarde, tipo suéter de alce! :D

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

glub glub

O professor de animação pediu um trabalho com silhuetas e minha equipe fez essa com uma tartaruga sendo resgatada pelo pessoal do projeto Tamar.


Os créditos são meus, da Ilana, da Irena e da Júlia.
Untitled from Ilana de Andrade on Vimeo.

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Top Clipe - fight time

Dezembro tá batendo na porta e o clima natalino tá começando a invadir as casas e os corações das pessoas. O top clipe desse mês tá meio distante disso tudo. Escolhi os três melhores clipes com porrada no meio dos últimos tempos no cenário indie rock. Se esqueci de algum é só falar, hahaha.

O primeiro junta a I Carly e a Hit Girl, lutas entre gangues e uma amor proibido. Ah, e tem a Drew Barrymore como diretora ;)


Esse clipe parece um trailer estilo Machete, é genial :)


A briga desse palhaço ninguém esquece, hahahha



segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Querida televisão,

estou há quase três meses sem você. Tô aproveitando o tempo pra conhecer melhor o computador. Você já sabia que isso ia acontecer, precisamos desse tempo, até porque eu nem sabia o que era torrent.. Aos poucos estou me acostumando, mas....só queria dizer que sinto a sua falta...

domingo, 20 de novembro de 2011

Cinderela em Paris

Quando sai de casa pra ir até o aeroporto estava chovendo muito. Graças a uma neblina tive que descer na Bélgica e enfrentar umas 5 horas de ônibus até chegar na cidade luz. Quando eu e minha amiga chegamos no hotel descobrimos que o banheiro era comunitário (e sujo). Isso não constava no site do hotel. Não levamos sandália. Deduza. 


Pensava que tudo ia ser horrível, mas ai amanheceu e eu vi Paris - a cidade mais linda que já visitei em meus 20 anos. Durante os cinco dias que passei lá (só três passeando, por causa dos problemas da Ryanair) não choveu e fez um clima muito agradável. O pão é realmente delicioso, as pessoas andam mesmo com uma baguete gigante em baixo do braço (sem saco nem nada, só o pão mesmo) e os franceses são bem mais educados do que dizem por ai. Nem todo mundo sabe falar inglês, muita gente usa bicicleta e as pessoas são muito bonitas (e altas). 

A iluminação da cidade é linda e você realmente fica meio bobo andando por lá. Mas após as 12 badaladas da meia-noite a gente tinha que voltar pro hotel e enfrentar aquele banheiro (iuhh). Meu voo de volta pra Porto deu problema também (claro, eu fui e voltei pela Ryanair), e quando eu cheguei em Porto (claro!) estava chovendo. 



sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Chove em Porto


Uma coisa que eu não sabia sobre Porto: Quando chove aqui, chove o dia todo. 
Obs.: Tá chovendo uns cinco dias por semana.

Monte de água idiota, runf!

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Primeira parada - Lisboa


Esse post está atrasado um mês, hahaha. Na verdade mais que isso. Eu fui pra Lisboa dia 30 de setembro. E, na verdade, Lisboa nem foi minha primeira 'escapada' de Porto, antes disso eu fui para uma cidade na Espanha chamada Santiago de Compostela. Mas como faz muito tempo que eu fui e tô com preguiça de reunir fotos, vou ficar devendo essa por aqui. Voltando para Lisboa:

Primeiro dia:

Vocês conseguem ver os ponteiros do relógio? Então, tive que acordar muito cedo pra começar a viagem. Fizemos o percurso de trem e em mais ou menos 4 horas chegamos em Lisboa.


Claro que a primeira coisa eu fiz foi comer, né! O primeiro ponto da cidade que visitamos foi o bairro de Belém Lá tem um ponto turístiro (literalmente) um do lado do outro.

Esse lugar é uma confeitaria que vende pastel de Belém desde 1837, e foi o primeiro lugar (e até agora o único) onde encontrei pastel de belém e bolinho de bacalhau quentinhos pra vender. Sim, você sai de Manaus achando que vai comer os melhores bolinhos da sua vida em Portugal, mas só encontra tudo super frio e fica triste...Mas esses dai estavam muito bons. A próxima parada foi o Mosteiro dos Jeronimos. Lá estão os túmulos de Vasco da Gama e Luis de Camões.


Em frente ao Mosteiro fica o Padrão do Descobrimento:


Bem perto do Padrão do Descobrimento fica um Museu com a coleção de obras de arte de um cara chamado Berardo. Ele deve ser muito rico, porque ele tem muitos quadros,olha com o que eu esbarrei por lá:


Segundo dia:

Foi meu dia favorito! '
Shopping Vasco da Gama


Oceanário de Lisboa

Nos visitamos o Oceanário de Lisboa, que é o segundo maior do mundo. Lá é muito legal, me senti com 12 anos. O chato foi que descobri que com uma câmera compacta de gente normal você só consegue tirar muitas fotos borradas e umas cinco decentes. Maaas também descobri que a mesma máquina você faz um vídeo mais ou menos, e gravei umas imagens bonitinhas de peixes, tubarões e outros bichos do mar e fiz um vídeo caseiro mais ou menos. Olha só:

video

A noitinha eu comi a metade do maior sanduíche da minha vida do Hard Rock Lisboa.

Terceiro dia:

No terceiro dia era domingo e quase nada tava funcionado...visitamos o Castelo de São Jorge. O luga é muito alto, eu tava morrendo de medo. Sério, andava com as pernas frias e tremendo, mas no final consegui sobreviver pra escrever sobre isso.


A próxima parada será Paris :)

terça-feira, 1 de novembro de 2011

kittens nightmare


Tudo bem, meu bolinho não saiu solado, nem queimado, nem torto. Mas não saiu como deveria sair. A verdade é que uma das coisas que não estava me preocupando a respeito do intercâmbio (antes de chegar aqui) era a parte da comida, mas isso está saindo mais complicado do que deveria.

Porque assim, eu não sou nenhuma Nigella da culinária, mas também não sou um desastre completo. Sei fazer o básico do almoço e das sobremesas. Arroz, macarrão, molho vermelho, molho branco, bife, frango e até peixe eu consigo fazer direitinho. Agora bolos, tortas, biscoito e cremes eu sei fazer muito bem! Mas estou enfrentando dificuldades em repetir minhas façanhas neste continente.

Pra começar o fogão daqui é elétrico e o forno também. Na prática isso é muito diferente em relação ao fogão normal. Eu já queimei até nuggets. Outra coisa que está me confundido é a medida das coisas. Porque na minha casa eu usava uma xícara pra fazer quase tudo e sempre dava certo. Mas a daqui é maior e eu errei na medida do açúcar e meu bolo ficou mais doce do que deveria e meu primeiro arroz tava mais pra arroz de temaki de tão papado.

Mas a pior coisa é não conhecer as marcas dos produtos. Eu não sei qual o melhor creme de leite, qual o melhor leite, nem qual a melhor lasanha de microondas e isso é muito chato, porque é difícil até quebrar o galho quando algo sai errado. A única coisa boa é que desenvolvi uma habilidade muito boa em preparar salmão, fica muito gostoso. Só falta desenvolver a habilidade de virar sem quebrar...mas, assim, o bom é que ele já sai todo cortado :p 

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Neste dia de Halloween


Estou na europa, em uma das cidades com as noites mais badaladas destas bandas, tenho desconto na maioria das festas por ser universitária. Então, é claro que eu passei meu halloween em casa vendo um filme e comendo pizza e sorvete. 

Ok, confesso, não fiz só isso. Antes eu e minha amiga enfrentamos uma chuva (porque quando chove aqui, chove o dia todo) para chegar até uma loja de quadrinhos que tava dando hqs grátis e descontos nos produtos, além de disputa de vídeo game e essas coisas. Mas só ficamos lá cinco minutos, porque tinham muitos góticos, tempo suficiente pra eu comprar isso aqui por apenas 5 euros. (Sim, eu curto o Bruce Willis).

Depois voltamos pra casa (ainda chovendo) pedimos pizza e vimos um filme super assustador e recente chamado 'Os garotos Perdidos'. Pra morrer de medo, né? A verdade é que morro de medo de filmes de terror, e festa de Halloween só tem graça de verdade quando você sai com um monte de amigos e passa uma semana pensando numa fantasia mas só decide 30 minutos antes de ir pro baile. Pra não dizer que não colaborei com as festividades, assiti ao filme usando uma toca de dinossauro :) 

RrraAaaAAww

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Top Clipes - Trash/simple things? We loved!

Porque quanto mais simples e trash, mais divertido fica!

Esse primeiro é uma gracinha, com uns bonecos bem toscos tocando a música e a super revolução do fundo verde!


Esse também é uma fofura, mas o fundo é branco.



Esse deve ser o mais trash de todos. Uma banda + um fundo verde + imagens do computador =



Esse não é tosco! Acredite, animar é uma coisa muito difícil!


Pessoas + uma bolinha =

terça-feira, 11 de outubro de 2011

Mil anos depois

Faz um bom tempo que não escrevo nada aqui, mas tem motivo. Minhas aulas começaram (de verdade) e estou cheia de trabalhos. Só o meu professor de fotografia passou uns quinentos. Assistir documentários, comentar os documentários, fazer experiências com papel fotográfico, desenhar, descrever e fotografar um objeto, fazer experiências no laboratório de revelação, enfim, muita coisa - em apenas três aulas. O último foi (além de assistir outro documentário e comentar) fotografar alguma coisa com qualquer câmera e explicar o motivo, objetivo, câmera, etc.

Estou numa cidade com muitas construções históricas, mas, honestamente, não sei fotografar direito coisas muito grandes com muitos detalhes. Então pra começar, resolvi fazer uma coisa mais simples - quase boba pra falar a verdade.


A foto foi essa. Como ainda não tenho câmera analógica ou uma pocket monster digital canon ou nikon, tirei na minha portátil sony mesmo. As inspirações foram essas aqui: 



Essas fotos são da jovem Eleanor Hardwick, que faz fotografias desde os 12 anos. Hoje tem apenas 18, mas seus trabalhos já ilustraram várias revistas de moda mundo afora. Para ver mais é só clicar aqui.
As outras inspirações sairam do clássico Alice no país das maravilhas:




É isso, ficou bobinho mas eu gostei do resultado. Quando tirar outra foto legal (espero que seja mais legal que esta, hahah) coloco aqui :) A foto foi tirada num pequeno jardim de rosas no Palácio de Cristal, em Porto. O lugar na verdade não possui nenhum palácio, ele foi destruído, mas virou um parque bonito muito visitado por aqui.

domingo, 25 de setembro de 2011

It girls

Edie Sedgwick

Elle Fanning

you know, just pictures of pretty girls...

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Sobre saudades, sinos e calcário (e doces de ovo)

Já faz cerca de 15 dias que eu deixei minha casa para me aventurar em um intercâmbio na cidade de Porto, em Portugal. Desde lá não aconteceu muita coisa na verdade, eu dei uma volta pelo centro histórico da cidade, fui na primeira semana de aula (aquela na qual não temos nenhuma aula de verdade) e ainda estou refletindo sobre quais matérias vou fazer mesmo.

Ainda não me acostumei direito com os novos horários. Aqui são quatro horas a mais que em Manaus, ou seja, estou dormindo 18h da tarde e acordando 2h30 da manhã no meu horário de costume. (o que seria 22h e 6h30 por aqui). Na hora de comer a confusão fica muito maior, só senti fome na hora do almoço daqui ontem. Fora isso, tem um relógio gigante na frente (EXATAMENTE na frente) do meu apartamento, e na altura do meu quarto que toca uns quinhentos sinos de hora em hora. E o pior é que três vezes ao dia ele toca os sinos por mais tempo. Estou quase pirando com isso! 

Outra coisa chata que aconteceu é que minha pele ficou horrível! Seca, descamando e dolorida. Fui comprar um hidratante correndo e a vendedora me explicou que a água daqui tem mais calcário que a do Brasil, ou seja, é normal que saia ressecando a pele e o cabelo mesmo. Bom saber, né? (NOT!). A verdade é que estou sentindo falta da minha casa, da minha família, dos meus amigos, do meu emprego, da minha cama, da água, da comida, dos doces. Por falar em doce, todo doce aqui é recheado com um tal de doce de ovo. Eu fui numa padaria e perguntei como era esse doce e o velhinho, gentilmente, me disse que pra eu saber eu tinha que provar. Provei e não curti. Parece ovo com açúcar (e deve ser) e é a única (SIM, a única) coisa que eles usam de recheio além do doce do pastel de Belém (ou de nata, como chamam por aqui). 

Preciso me acostumar com essas coisas o mais rápido possível pra começar a aproveitar de verdade essa viagem e não dormir em nenhuma aula. 

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Livraria de Lello e Irmão


Nesta segunda-feira (12), eu e minha amiga Irena fomos na Reitoria da Universidade de Porto para uma reunião com os intercambistas. No caminho de lá passamos pela Livraria de Lello, que descobrimos ser um ponto turístico famoso da cidade.


A livraria tem dois andares, não é muito grande mais é bastante aconchegante. Possui uma galeria principal com várias livros expostos (a maioria antigo) que dá acesso a um escada vermelha cheia de detalhes. A decoração conta com bancos de madeira revestidos com couro, estantes e um carrinho de trilho com vários livros. Nos pilares, à esquerda e à direita, estão os bustos de distintos homens das letras conhecidos nossos: Eça de Queirós, Camilo Castelo Branco, Antero de Quental, Tomás Ribeiro, Teófilo Braga e Guerra Junqueiro. O teto é todo decorado com gravuras em gesso e bem ao meio é possível ver um amplo vitral com a conhecida divisa, "Decus in Labore". Quando entrei, só queria saber de tirar fotos, para poder mostrar tudo isso. Só que mal tinha tirado duas e chegou um carinha dizendo que não podia... 

primeira foto
segunda foto
E essas foram as únicas fotos do lado de dentro que consegui tirar. Do lado de fora podia tirar a vontade. A fachada, no estilo neogótico, possui um arco com uma janela tripla. Dos lados da janela, destacam-se duas figuras pintadas, da autoria de José Bielman, simbolizando uma a Arte e a outra a Ciência. (Veja na foto do topo tudo isso). O resto da fachada tem ornamentação fitográfica e com o nome da livraria.

Se você quiser encontrar livros incríveis, cools, quadrinhos ou super lançamentos lá não é o melhor lugar. Mas se você procura alguma versão bonita de algum livro de escritor português, ou algum livro antigo de escritor português, lá é o lugar. 

Se não tem muitos livros legais, por que devo ir lá? Porque é um lugar muito bonito!

A Wikipédia diz que:
Descrita por Enrique Vila-Matas como "A mais bonita livraria do mundo", em 2008 o periódico inglês The Guardian considerou-a a terceira mais bela do mundo.
Foi considerada em 2010 pela Lonely Planet, no seu guia "Lonely Planet's Best in Travel 2011", como a terceira melhor livraria do mundo, sendo descrita como "uma pérola de arte nova", destacando as "prateleiras neo-góticas", a "escadaria vermelha em espiral" semelhante a "uma flor exótica".


sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Diário em fotos


Ainda consegui dar uma volta pela cidade, mas honestamente, depois de 18 horas em aeroporto e avião com uma mochila enorme a única coisa que eu queria mesmo era dormir em uma cama muito confortável.

sábado, 3 de setembro de 2011

Fora da realidade (desabafo parte II)

Chegou setembro e na semana que vem estarei viajando para meu intercâmbio em Porto. Mas, honestamente, ainda não caiu a ficha. Entrei com os papeis em julho, eu acho, muito por acaso. Durante todo o processo estava muito descrente que iria dar certo, porque as aulas da Faculdade de Belas Artes começam dia 12 de setembro, então sempre achei que não ia dar tempo de conseguir tudo.

Mas, no final das contas eu e minha amiga acabamos conseguindo duas vagas lá, um apartamento perto da faculdade e todos os documentos que pediram. Pedi demissão, as passagens estão compradas, o visto de estudante colado no passaporte, as roupas e os sapatos que pretendo levar já estão separados (consegui até uma ajuda de custo com os amigos). Só falta guardar na mala e entrar no avião. 

Mas mesmo com meu curso trancado, desempregada, e com minhas roupas todas separadas no armário ainda não estou sentindo como se fosse embora de casa. Toda vez que penso em algo relacionado a viagem, não parece que é de verdade. Será que só vai cair a ficha de que estou indo passar seis meses fora quando eu estiver no avião? 

terça-feira, 30 de agosto de 2011

The Asteroids Galaxy Tour

Vi esse comercial e não consegui tirar a música da minha cabeça! Fui atrás da banda na internet e comecei a gostar mais e mais dela.


The Asteroids Galaxy Tour é uma banda de Copenhagen, Dinamarca, montada em 2007 por Mette Lindberg (vocalista linda), pelo produtor Lars Iversen, Miloud Carl Sabri (trompete), Sven Meinild (saxofone), Mads Brinch Nielsen (guitarra), e Rasmus Valldorf (bateria).

A banda é fácil de reconhecer pela voz da vocalista - que é bem diferente - e pelo som altamente pop-colorido, psicodélico e dançante. Formada a pouco tempo, a banda só ganhou destaque mundial mesmo após a faixa "Around the bend" ser o fundo musical para um comercial do iPod Touch. Depois disso invandiu as séries CSI Miami, Gossip Girl e um documentário da editora chefe da Vogue (Anna Wintour), 'The September Issue'.

O primeiro álbum, Fruit, foi lançado em setembro de 2009. A banda já abriu um show da falecida Amy Winehouse e abriu os shows da turnê da Katy Perry na Europa. Mas olha só como a Mette Lindberg (além de mais bonita) canta muito melhor que a Katy Perry ao vivo:

Para quem quiser ouvir mais musiquinhas legais da moça bonita de voz peculiar, é só clicar nos quadradinhos:

                               Hero            Lady Jesus         The Sun Ain't Shining No More 




Dont't be a -

Cada vez que conheço melhor um garoto, percebo que ele é mais complicado e quadrado que muitas meninas que eu conheço...

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Te levando mais alto

Lembra que eu comentei por aqui que tenho muitos amigos nerds? Então, um deles (já cheguei a desenhá-lo por aqui) tem um site de nerdices chamado Pulo Duplo e me convidou para ser colaboradora. Eu achei muito legal e fiquei muito animada, mas a verdade é que não sabia muito bem sobre o que escrever. Eis, então, que surge a EXPO D23 - um evento estilo mini-comic-con com coisas só da Disney - e salva a minha vida. 



Nesse evento a Pixar divulgou seus próximos quatro longas (incluindo Valente e Monstros na faculdade), o novo curta do Toy Story, além de mais um monte de coisas. Pra completar, ontem divulgaram o novo do clipe da banda Ok go cantando com os Muppets (uma das coisinhas promocionais já do novo longa). Enfim, acabei tendo mil assuntos para escrever.



Vou colocar o vídeo aqui, porque ele é muito legal. Na verdade, preciso confessar que me surpreendi da Disney gravar esse vídeo. Ele é visualmente surreal, a batida é meio psicodélica e eles cantam coisas como  "its like a kind of torture to have to Watch the show", hahaha. Enfim, vejam por vocês mesmos.


Se quiserem dar uma olhada nas coisas que já escrevi por lá é só clicar nos temas desejados: